02 jan
beleza dos cabelos cuidados

Mudar a cor dos cabelos é com a gente mesmo, mas antes disso é importante lembrar os cuidados pra que eles continuem saudáveis. As colorações constantes danificam os fios tornando os quebradiços, cheios de pontas duplas e opacos. Então, vamos às dicas pra que isso não aconteça.

O que é melhor: coloração permanente ou tonalizante?

A sua intenção é acabar com os fiozinhos brancos indesejados? Então use a tintura. A tintura permanente pigmenta o interior dos fios enquanto o tonalizante apenas cria um filme de cor sobre os fios. Por isso, quem não quer algo muito radical pode apostar no tonalizante, que dá brilho instantâneo ao cabelo sem mudar a cara dele. O resultado dura muito pouco tempo, mas também é menos agressivo.

Qual a frequência de uma coloração para a outra?

· A cada 30 dias – para retoque de raiz.

· A cada três meses – para mechas de raiz e luzes.

· A cada seis meses – para mechas a partir da metade do comprimento ou apenas nas pontas (ombré hair e californianas).

Hidratação constante

Se você resolveu clarear os cabelos, muito cuidado! Esse processo químico diminui a elasticidade natural do fio. O clareamento altera a estrutura proteica capilar, o que reduz a sua elasticidade, tornando-o quebradiço. Por isso é importantíssimo tratamentos como hidratação, cauterização e queratinização.

Acerte na cor

Cada tonalidade combina com um tipo de pele. Aprenda a acertar na cor:

Peles claras combinam com ruivo. Mas não é qualquer vermelhão! Aposte na cor mais lavada que é tendência da temporada.

Peles morenas ficam muito bem quando os fios parecem queimados pelo sol. Um toque de mel nas pontas fica lindo!

Peles negras vão bem com tons caramelo para iluminar o rosto de forma natural.

Fonte: MdeMulher.

Cabelos de arrasar!

 

AS ÚLTIMAS DO INSTA
MAIS LIDOS