17 set
Como armazenar corretamente seus perfumes

Guardar corretamente um perfume pode aumentar a sua durabilidade em até 3x. Mas nem sempre sabemos como fazer isso, já que esse produto é de uso diário, precisa estar a mão, e os frascos são objetos de decoração convidativos.

O perfume conta com uma composição a base de fragrância e álcool, que se em contato com o oxigênio evapora com maior facilidade. Por isso, o primeiro passo é sempre manter os frascos bem fechados, e se possível nas suas caixas de origem.

Guardar corretamente um perfume é deixá-lo longe de qualquer fator como umidade, luz e calor que alterem a sua composição. Os perfumes são produtos altamente delicados que precisam de armazenagem própria, por mais bonitos que sejam.

Entenda aqui como armazenar corretamente perfumes e aplique essas dicas para garantir a durabilidade dos seus.

Local seguro de quedas

Os perfumes geralmente vêm em frascos de vidro, essa é uma das marcas registradas desse produto.

Os frascos costumam ser desenvolvidos com design exclusivo, de acordo com cada coleção de cada marca. Um dos frascos mais conhecidos do perfume, por exemplo, é o com borrifador externo, típico dos anos 20 que até hoje é imitado por grandes marcas.

Muitas vezes, os frascos são mais caros que as fragrâncias desenvolvidas. Eles agregam um valor inestimável ao perfume, dando ao usuário da marca uma experiência além da utilização dos aromas escolhidos.

Armazenar corretamente os perfumes, longe de crianças e em espaços que a queda não seja uma possibilidade, garante uma experiência duradoura com esses produtos.

Em penteadeiras, o melhor lugar para armazenar corretamente os perfumes são os compartimentos como gavetas e nichos, que garantem a pouca incidência de luz e também maior segurança anti queda.

Os locais mais seguros para armazenar corretamente os perfumes prevenindo as quedas são os armários, gaveteiros e cristaleiras. Espaços fechados garantem não só a durabilidade física, como também a manutenção de uma composição limpa, sem a influência de agentes externos.

Mesmo sendo um produto que precisa de uma armazenagem segura, o perfume também é aquele coringa do nosso dia a dia que precisa ficar à mão para as arrumações mais apressadas. Nesse caso, os melhores espaços para o armazenamento correto dos perfumes são os que você deixa suas jóias e acessórios, guardados para que não sofram oxidação com oxigênio e nenhuma alteração.

Os perfumes também precisam de uma temperatura amena para ter uma vida útil completa, aqui é importante ressaltar que espaços fechados geralmente são mais quentes, então teste antes de alocar seus perfumes em gavetas e nichos.

Na hora de decorar com os frascos, prefira os perfumes que estão no finalzinho, ou os frascos já vazios. Esse é um produto delicado que merece todo cuidado possível.

Local seco e na sombra

O ambiente mais utilizado para guardar os perfumes é a bancada de banheiro. É possível deixar tudo que precisamos à mão facilmente nesse lugar, mas essa pode não ser a melhor opção na hora de armazenar corretamente os perfumes.

Os componentes do perfume estão em constante reação, por isso a pirâmide olfativa permite que tenhamos 3 manifestações distintas da mesma fragrância. Ele muda em contato com o oxigênio, em contato com a nossa pele, e obviamente, muda em contato com a umidade constante, por mais fechado que o frasco esteja.

Guardar o seu perfume no banheiro é deixá-lo reagindo sempre com esse espaço, e não é o que queremos quando escolhemos os aromas que vão nos acompanhar sempre. A manutenção da sua experiência olfativa demanda esse cuidado na armazenagem.

Nem mesmo as gavetas do banheiro são boas opções na hora de armazenar corretamente os perfumes. Além de um espaço úmido, elas também podem elevar ou descer a temperatura muito rapidamente.

Delete o banheiro das opções de armazenamento dos seus perfumes.

Outro ponto importante é a luz. A iluminação tem efeito em absolutamente tudo que existe, e em produtos químicos como os produtos que compõem o perfume não é diferente. Prefira sempre lugares arejados e sem luz direta, que permita apenas um equilíbrio de ambiente para que seu perfume dure mais do que você sonha.

Se você mora em uma região úmida, prefira sempre gaveteiros em acrílico, plástico ou metal para armazenar corretamente perfumes, maquiagens, produtos de skincare e cosméticos no geral. Esses são os produtos mais sensíveis da casa e a alta umidade acelera o tempo de vencimento deles. Armazenar corretamente perfumes também é uma prática para armazenar qualquer outra composição sensível.

Separe um dia de faxina para observar a umidade e a iluminação dos espaços que guardam os seus perfumes. Use cestos organizadores, cachepots e tudo que puder para facilitar o seu acesso aos perfumes, mas sem colocar em risco essas fragrâncias exuberantes.

Não deixe deitado, pode vazar

Não existe escolha pior do que armazenar os seus perfumes deitados, mesmo que não vazem, o contato direto com a tampa vai auxiliar o processo de evaporação e logo o seu produto vai diminuir com maior rapidez.

Guardar perfumes em bolsas e nécessaires não é uma boa opção, nem mesmo na hora daquela viagem rápida. Os frascos não são feitos para viagens, muito menos para ficarem deitados boa parte do tempo. Na hora de montar uma nécessaire de viagem a melhor opção para armazenar corretamente os perfumes é investir em mini frascos roll on que podem levar um pouquinho da fragrância sem danificar a embalagem original. Assim você fica pertinho do seu cheiro favorito sem riscos.

Ainda existe a opção dos perfumes de viagem, que possuem embalagens mais resistentes e podem ficar exclusivamente para as suas viagens. Esses também são ótimos produtos para bolsa. Ainda assim, tente manter sempre os frascos em pé para que não vazem.

E nada de guardar os frascos emborcados em gavetas, essa também não é uma boa ideia. As gavetas ideais para armazenar corretamente os perfumes são as que permitem que elas permaneçam em pé e se possível, com toda a sua embalagem. Essa é uma dica que vale para os nichos também.

Mantenha-o na caixa

Comprar um perfume é comprar a experiência de colocar no corpo uma fragrância que muitas vezes vem acompanhada de frascos que são a assinatura da marca. E por isso, não resistimos e colocamos esses  belos objetos à mostra, no entanto, o ideal é o contrário.

Quanto mais você proteger o seu perfume da exposição ao sol, umidade e outros fatores climáticos, mais tempo ele vai durar com a sua manifestação original. Nem mesmo os perfumes mais caros e tradicionais do mundo aguentam exposição ao tempo.

Separe espaços exclusivos para as caixas dos seus perfumes, assim fica mais fácil identificar e pegar o que preferir.

Os cuidados com os perfumes exigem um pouquinho de paciência, mas esse é um produto especial que existe desde a antiguidade, que participou de toda evolução humana, das maiores conquistas da história e que até hoje é adorado pelo mundo. Tamanha resistência faz parte de todo carinho e cuidado que damos para eles.

Cada perfume em contato com a sua pele é único e merece uma longa duração.

E na hora de escolher o seu perfume veja as dicas que separamos para você. Aqui contamos tudo sobre os melhores perfumes da estação e até como armazenar corretamente os perfumes para uma vida útil que você nunca imaginou.

22 set

 

 

 

 

Quem não ama perfumes? É difícil achar alguém que nunca sonhou em ter uma coleção de perfumes em casa. São tantas fragrâncias que queremos ter um para cada ocasião. Mas o que acontece quando os perfumes passam da data de validade?

 

Alguns perfumes possuem a data de validade entre 3 e 5 anos, mas o que realmente determina a vida deles não é este prazo e sim a oxidação do perfume.

 

A explicação é o ar que respiramos, isso mesmo, o gás oxigênio aliado à umidade, bactérias exposição à luz e temperaturas altas tornam o perfume impróprio para o uso, isso acontece com maioria dos elementos existentes na natureza. Mas e agora?

 

Para que isso não aconteça, os perfumes pedem alguns cuidados especiais, o ideal é guardá-los dentro da caixa fechada ou em um local sem a exposição da luz, sem umidade e calor.

 

Não colocá-lo no banheiro  ou em  locais com muita luminosidade fazem com que o perfume não evapore o álcool tão rápido. Guardá-los dentro no guarda-roupa ou em armários fechados, garantem que ele não sofra variação de calor, o que pode alterar a sua composição.

 

Com essas dicas seus perfumes podem ter uma longa vida e em alguns casos durar até 10 anos. 😉

26 jun
Hora de cortar o cabelo

O cabelo está cheio de pontas duplas? Não tem brilho, é difícil domá-lo e pra piorar está sem corte. Esse é um daqueles momentos em que não tem o que fazer a não ser ir no salão pra cortar o cabelo.

A maioria dos especialistas dizem que 2 meses é o máximo que o cabelo pode ficar sem cortar, pelo menos as pontas. O certo mesmo é que precisamos cuidar dos fios todos os dias.

Separamos algumas dicas básicas pra saber qual é a hora de cortar e dar um UP nas madeixas.

O xampu não cai bem

Chega um momento em que o cabelo se acostuma com o mesmo xampu todo dia. Ou pode ser que você não está usando o produto mais indicado para seus cabelos. Mas se estiver fazendo tudo certinho, a explicação para o efeito pesado é o corte vencido.

As pontas embaraçam muito

Se pra pentear os cabelos você precisa fazer isso na hora do banho, então a situação não é das melhores. Principalmente se ele embaraça com qualquer vento leste oeste. Isso é causado pelas pontas duplas, outro forte indicativo de que está na hora de cortar o cabelo.

Nem fazer escova ajuda

O cabelo não está obedecendo nem à escova? As pontas não viram nem para dentro nem para fora e deixam um ar desgrenhado. Isso significa que o cabelo perdeu o corte, as pontas estão irregulares e precisa de renovação.

Vive ressecado

Isso acontece muito com quem possui cabelos longos. Se fica muito tempo sem cortar eles ficam secos e ásperos. Esse é um claro sinal de desidratação, já que a oleosidade natural da raiz não consegue chegar às pontas. Para melhorar, só mesmo cortando.

Untitled design (2)

Fonte: M de Mulher.

20 jan
Dicas para combater os danos causados pelo verão

O verão está aí com temperaturas altíssimas. É uma delícia pra curtir a praia, a piscina e principalmente o sol, mas nada de se descuidar. Pra curtir todas essas delícias tem que se preocupar sim com a pele, com os cabelos. Que tal umas receitinhas simples e práticas para aproveitar o calor sem medo?

Unhas

No verão, o calor faz com que as unhas fiquem enfraquecidas e ressecadas e as idas constantes à praia ou à piscina colaboram para que o esmalte descasque com mais facilidade. A manicure Cássia Alexandra de Souza, do salão Fino Capelli, faz um alerta: “Outro perigo da estação são os fungos. Uma medida essencial nessa época é manter as unhas sempre hidratadas e as ceras nutritivas são ótimas para isso. Já para manter a cor por mais tempo, indico a utilização de um extra brilho, que protege o esmalte”.

Cabelos


A combinação de piscina, mar e sol retira a água dos fios, deixando-os mais secos e quebradiços. Nilcéia Rocha, cabeleireira do salão Nilcéia Nails, fala sobre a importância de proteger os fios e hidratá-los: “É muito importante usar protetor solar específico para os cabelos sempre que for se expor ao sol e, logo após, lavar com xampu antirresíduo para remover as substâncias químicas como o cloro. Nessa época, hidratar os fios duas vezes por semana também é o recomendado”. Nilcéia dá ainda uma receita caseira para potencializar a hidratação dos fios:

– Duas colheres de sopa de mel;

– Uma colher de sobremesa de azeite;

– Uma tampinha de bepantol líquido;

– 30gr de máscara ou condicionador de preferência (que não seja reconstrutor).

“Misturar tudo, aquecer por dez segundos no microondas, aplicar nas madeixas e deixar descansar por 15 minutos. Depois, lavar e condicionar com o produto de preferência. Muito bom também é misturar seis gotinhas de Bepantol líquido ao condicionador de uso diário”, conta ela.

Pele


Com a pele, os cuidados devem ser ainda maiores. A esteticista e diretora da Clínica Arthys, Estela Cardoso, garante que medidas simples evitam que o calor provoque problemas como câncer de pele, queimaduras de segundo grau e até mesmo intoxicação alimentar: “Quem exagerar no sol e ficar com a pele vermelha, pode acabar descamando. Para amenizar o ardor, uma dica é fazer compressas de chá de camomila gelado ou água termal e, em seguida, aplicar um hidratante.

Dicas para combater os danos causados pelo verão

No caso de queimadura, é preciso reidratar a pele e, em alguns casos, fazer o uso de corticoides ou antiinflamatórios prescritos por um médico”. Além disso, Estela sugere algumas ações para prevenir a pele de danos causados pelo sol: “É importante respeitar os horários permitidos, antes das 10h e após às 16h, para não ficar diante de raios muito fortes. Outra opção é usar bonés com tecidos de proteção contra raios ultravioletas ou chapéus de aba larga. Já no pós-sol, é preciso sempre lavar o rosto com um sabonete apropriado para o seu tipo de pele e hidratá-la bastante”.

Não é só no auge do verão que é preciso ter cuidados. Abaixo, confira alguns cuidados básicos que devem ser tomados o ano todo, mas são especialmente importantes durante a estação mais quente do ano.

– Protetor Solar: “Ele deve ser usado o ano todo (inclusive em ambientes internos), só que no verão o fator de proteção deve ser ainda maior.  Além disso, você evita câncer de pele, queimaduras e envelhecimento precoce”.

– Água: “No calor, a transpiração aumenta e a pele pode ficar ressecada, sem brilho e sem elasticidade. Por isso devemos beber muita água! Além de deixar a pele mais bonita, a hidratação faz nosso corpo funcionar melhor”.

– Alimentação: “Abuse das frutas, saladas, sanduíches, sucos naturais, grelhados, carnes magras, etc. Ter uma alimentação saudável deixa a gente com mais disposição, aumenta a imunidade e ainda mantém pele, cabelos e unhas mais bonitos”.

– Óculos escuros: “Proteger os olhos também é super importante. E a lente do seu óculos tem que ter proteção UV, caso contrário, ele não vai ajudar”.

– Produtos leves:  “A oleosidade aumenta nessa época do ano e, por isso, o indicado é trocar os hidratantes e cosméticos pesados por produtos oil-free e com textura levinha (em gel, por exemplo). Assim, você previne o aparecimento da acne sem deixar de cuidar da pele”.

Via: Ego.com

14 jun
lábios hidratados e protegidos no inverno

No inverno não são os cabelos que mais pedem um S.O.S.. A pele, e principalmente os lábios, clamam por uma hidratação intensa.

O tempo frio e seco do inverno, apesar de particularmente achar a melhor estação para a moda, incomoda muita gente. Muitos casacos, botas fortes ajudam a espantar o frio. Mas e os lábios, COMO FICAM? Uma das partes mais sensíveis do rosto, ressecam, ardem e incomodam, além de estragar toda a sofisticação.

Não corra o risco de ficar com os lábios ressecados. Confira as dicas e recomendações sobre o que fazer para manter seus lábios bem hidratados:

A primeira dica é para a hora de dormir. Aplique uma boa camada de hidratante labial e não saia de casa sem usar um batom ou protetor labial.

Esfoliantes específicos podem ajudá-lo a eliminar os excessos que ficam nos lábios além de ser uma excelente preparação para que seus lábios absorvam melhor os hidratantes. Aplique na hora do banho.

Vai escolher um hidratante labial? Os melhores contêm ingredientes como a vitamina B1, B3 e alantoína. No caso dos batons, caso prefira os mates, dê preferência àqueles que contêm emolientes. Eles manterão os lábios hidratados sem perder o acabamento fosco.

Uma dica bacana é, na hora de fazer a maquiagem para aquela festa, aplicar um hidratante labial reforçado nos lábios antes de fazer a pele. Deixe para passar o batom no final da make, assim, o produto terá tempo de agir.

Pra quem é adepta dos procedimentos clínicos, existe uma técnica com laser fracionado, que melhora a textura e rejuvenesce o contorno da boca. Produtos à base de ácido hialurônico também podem ser aplicados, com a finalidade apenas de hidratá-los.

Cuide-se no inverno!

12 jun
Dicas para cabelos oleosos

Enquanto todo mundo fala sobre amor e faz declarações especiais nesse dia dos namorados, a gente te dá dicas e as melhores receitas para acabar com a oleosidade excessiva dos cabelos. Ninguém merece esse sofrimento, por isso, aqui está o mapa da mina! 😉

Quem sofre de oleosidade excessiva nos cabelos sabe o sacrifício que é ter que lavar constantemente os cabelos para evitar o aparente efeito de brilho seboso. Além do mais, o cabelo perde o volume e o visual parece de uma pessoa descuidada. Isso não é verdade, mas é um sofrimento lidar com esses problemas todos os dias.

Qual a solução real para esse tipo de problema? Que tipo de produto usar? Quais os mitos e verdades sobre esse assunto?  Em entrevista o cabeleireiro André Leite conta que não há uma receita milagrosa. Quem tem cabelos oleosos precisa sim lavar os cabelos todos os dias e utilizar xampus específicos para o problema.

Agora, o que existe são sugestões para que você sofra menos com seu problema. Confira as perguntas mais frequentes sobre o assunto e as respostas:


Lave os cabelos todos os dias.
Quem tem cabelo oleoso precisa lavar constantemente os cabelos para diminuir a oleosidade natural dos fios. Sem esse processo o aspecto gorduroso nunca vai embora.

Utilize xampus específicos. Os xampus adstringentes são os mais indicados. Eles possuem uma maior quantidade de uma substância chamada Lauril, responsável por extrair resíduos nos fios.

Evite passar a mão nos cabelos. Nossas mãos estão cheias de resíduos do ambiente. Quando em contato com o cabelo, esses resíduos tendem a ficar entre os fios, deixando-os mais sujos com o aspecto gorduroso.

Hidrate os fios. Mesmo tendo o cabelo oleoso, é possível hidratar e passar produtos como o leave-in, lembrando de sempre aplicar do meio para as pontas do cabelo. Esse processo protege o cabelo de diversos problemas.

Para disfarçar a oleosidade use talco. Ele é um excelente truque pra quem quer disfarçar o efeito oleoso. Antes de usar o produto em grande quantidade, teste em casa para saber se seu couro cabeludo não vai rejeitar o produto.

Evite usar lenços na cabeça. Eles abafam o couro cabeludo aumentando a produção natural do óleo.

Fonte: Minha Vida.

Confira a linha de produtos para os cabelos na AZ Perfumes!

19 mar
Vitaminas para a beleza dos cabelos

São tantos os vilões para os nossos cabelos, que fica difícil enumerar. Poluição do dia a dia, tratamentos químicos, secador, chapinha e muitos outros fatores que atrapalham nossos fios a receberem os nutrientes necessários para que fiquem sedosos, com brilho e hidratados.

A melhor alternativa vêm de investir em produtos e alimentos ricos em vitaminas, que devolvam e restaurem o saldo negativo e proporcionem cabelos novos outra vez.

Fique de olho nas dicas:

Vitaminas para a beleza dos cabelos

Vitamina A: Ela tem ação antioxidante e ajuda a manter a hidratação natural e saúde dos fios. Está presente em alimentos como peixes, carnes, aves, ovos, produtos lácteos, espinafre e cenoura.

Vitamina C: Outra com efeito antioxidante, ela pode ser encontrada em frutas cítricas, tomate, batata, pimentão verde e vegetais verdes escuros.

Vitamina E: Soja, nozes, vegetais de folhas verdes e feijão contam com a vitamina E em grande quantidade. Ela conta com benefícios antioxidantes, que são potencializados quando ingeridos junto com outros alimentos que possuam vitamina C.

Vitamina H: Também conhecida como biotina, a vitamina H ajuda a produzir queratina, o principal componente dos cabelos e unhas. Seu consumo é indicado principalmente para quem tem fios finos e frágeis. Ela está presente no leite, gema de ovo e em grãos integrais como o arroz.

Complexo B: As vitaminas presentes neste complexo ajudam a reduzir a perda de cabelo: a B2 auxilia no metabolismo da queratina, enquanto as B6, B7 e B8 diminuem o excesso de oleosidade e retarda a queda. Já a vitamina B9 – ou ácido fólico – mantém a cor natural dos fios por mais tempo.

Zinco: O zinco proporciona melhor crescimento e desenvolvimento dos cabelos, inibe a oleosidade excessiva e previne a descamação no couro cabeludo. Carnes, ovos, leite, soja, ostras e castanha do Pará possuem esta vitamina.

Conheça a seguir outros ativos que podem fazer maravilhas para os seus cabelos:

Manteiga de karité: Ela tem várias propriedades emolientes, antioxidantes e até atua como um filtro solar natural, protegendo contra os efeitos nocivos da radiação do sol.

Ceramidas: Esta proteína altamente hidratante sela as cutículas do fio, o que dá mais resistência.

Óleos vegetais: “Quando extraídos de frutas ou sementes como uva, abacate ou amêndoas, os óleos têm ação hidratante, já que reduzem a perda de água dos fios”.

Via: Revista Gloss.

AS ÚLTIMAS DO INSTA
MAIS LIDOS