17 set
Como armazenar corretamente seus perfumes

Guardar corretamente um perfume pode aumentar a sua durabilidade em até 3x. Mas nem sempre sabemos como fazer isso, já que esse produto é de uso diário, precisa estar a mão, e os frascos são objetos de decoração convidativos.

O perfume conta com uma composição a base de fragrância e álcool, que se em contato com o oxigênio evapora com maior facilidade. Por isso, o primeiro passo é sempre manter os frascos bem fechados, e se possível nas suas caixas de origem.

Guardar corretamente um perfume é deixá-lo longe de qualquer fator como umidade, luz e calor que alterem a sua composição. Os perfumes são produtos altamente delicados que precisam de armazenagem própria, por mais bonitos que sejam.

Entenda aqui como armazenar corretamente perfumes e aplique essas dicas para garantir a durabilidade dos seus.

Local seguro de quedas

Os perfumes geralmente vêm em frascos de vidro, essa é uma das marcas registradas desse produto.

Os frascos costumam ser desenvolvidos com design exclusivo, de acordo com cada coleção de cada marca. Um dos frascos mais conhecidos do perfume, por exemplo, é o com borrifador externo, típico dos anos 20 que até hoje é imitado por grandes marcas.

Muitas vezes, os frascos são mais caros que as fragrâncias desenvolvidas. Eles agregam um valor inestimável ao perfume, dando ao usuário da marca uma experiência além da utilização dos aromas escolhidos.

Armazenar corretamente os perfumes, longe de crianças e em espaços que a queda não seja uma possibilidade, garante uma experiência duradoura com esses produtos.

Em penteadeiras, o melhor lugar para armazenar corretamente os perfumes são os compartimentos como gavetas e nichos, que garantem a pouca incidência de luz e também maior segurança anti queda.

Os locais mais seguros para armazenar corretamente os perfumes prevenindo as quedas são os armários, gaveteiros e cristaleiras. Espaços fechados garantem não só a durabilidade física, como também a manutenção de uma composição limpa, sem a influência de agentes externos.

Mesmo sendo um produto que precisa de uma armazenagem segura, o perfume também é aquele coringa do nosso dia a dia que precisa ficar à mão para as arrumações mais apressadas. Nesse caso, os melhores espaços para o armazenamento correto dos perfumes são os que você deixa suas jóias e acessórios, guardados para que não sofram oxidação com oxigênio e nenhuma alteração.

Os perfumes também precisam de uma temperatura amena para ter uma vida útil completa, aqui é importante ressaltar que espaços fechados geralmente são mais quentes, então teste antes de alocar seus perfumes em gavetas e nichos.

Na hora de decorar com os frascos, prefira os perfumes que estão no finalzinho, ou os frascos já vazios. Esse é um produto delicado que merece todo cuidado possível.

Local seco e na sombra

O ambiente mais utilizado para guardar os perfumes é a bancada de banheiro. É possível deixar tudo que precisamos à mão facilmente nesse lugar, mas essa pode não ser a melhor opção na hora de armazenar corretamente os perfumes.

Os componentes do perfume estão em constante reação, por isso a pirâmide olfativa permite que tenhamos 3 manifestações distintas da mesma fragrância. Ele muda em contato com o oxigênio, em contato com a nossa pele, e obviamente, muda em contato com a umidade constante, por mais fechado que o frasco esteja.

Guardar o seu perfume no banheiro é deixá-lo reagindo sempre com esse espaço, e não é o que queremos quando escolhemos os aromas que vão nos acompanhar sempre. A manutenção da sua experiência olfativa demanda esse cuidado na armazenagem.

Nem mesmo as gavetas do banheiro são boas opções na hora de armazenar corretamente os perfumes. Além de um espaço úmido, elas também podem elevar ou descer a temperatura muito rapidamente.

Delete o banheiro das opções de armazenamento dos seus perfumes.

Outro ponto importante é a luz. A iluminação tem efeito em absolutamente tudo que existe, e em produtos químicos como os produtos que compõem o perfume não é diferente. Prefira sempre lugares arejados e sem luz direta, que permita apenas um equilíbrio de ambiente para que seu perfume dure mais do que você sonha.

Se você mora em uma região úmida, prefira sempre gaveteiros em acrílico, plástico ou metal para armazenar corretamente perfumes, maquiagens, produtos de skincare e cosméticos no geral. Esses são os produtos mais sensíveis da casa e a alta umidade acelera o tempo de vencimento deles. Armazenar corretamente perfumes também é uma prática para armazenar qualquer outra composição sensível.

Separe um dia de faxina para observar a umidade e a iluminação dos espaços que guardam os seus perfumes. Use cestos organizadores, cachepots e tudo que puder para facilitar o seu acesso aos perfumes, mas sem colocar em risco essas fragrâncias exuberantes.

Não deixe deitado, pode vazar

Não existe escolha pior do que armazenar os seus perfumes deitados, mesmo que não vazem, o contato direto com a tampa vai auxiliar o processo de evaporação e logo o seu produto vai diminuir com maior rapidez.

Guardar perfumes em bolsas e nécessaires não é uma boa opção, nem mesmo na hora daquela viagem rápida. Os frascos não são feitos para viagens, muito menos para ficarem deitados boa parte do tempo. Na hora de montar uma nécessaire de viagem a melhor opção para armazenar corretamente os perfumes é investir em mini frascos roll on que podem levar um pouquinho da fragrância sem danificar a embalagem original. Assim você fica pertinho do seu cheiro favorito sem riscos.

Ainda existe a opção dos perfumes de viagem, que possuem embalagens mais resistentes e podem ficar exclusivamente para as suas viagens. Esses também são ótimos produtos para bolsa. Ainda assim, tente manter sempre os frascos em pé para que não vazem.

E nada de guardar os frascos emborcados em gavetas, essa também não é uma boa ideia. As gavetas ideais para armazenar corretamente os perfumes são as que permitem que elas permaneçam em pé e se possível, com toda a sua embalagem. Essa é uma dica que vale para os nichos também.

Mantenha-o na caixa

Comprar um perfume é comprar a experiência de colocar no corpo uma fragrância que muitas vezes vem acompanhada de frascos que são a assinatura da marca. E por isso, não resistimos e colocamos esses  belos objetos à mostra, no entanto, o ideal é o contrário.

Quanto mais você proteger o seu perfume da exposição ao sol, umidade e outros fatores climáticos, mais tempo ele vai durar com a sua manifestação original. Nem mesmo os perfumes mais caros e tradicionais do mundo aguentam exposição ao tempo.

Separe espaços exclusivos para as caixas dos seus perfumes, assim fica mais fácil identificar e pegar o que preferir.

Os cuidados com os perfumes exigem um pouquinho de paciência, mas esse é um produto especial que existe desde a antiguidade, que participou de toda evolução humana, das maiores conquistas da história e que até hoje é adorado pelo mundo. Tamanha resistência faz parte de todo carinho e cuidado que damos para eles.

Cada perfume em contato com a sua pele é único e merece uma longa duração.

E na hora de escolher o seu perfume veja as dicas que separamos para você. Aqui contamos tudo sobre os melhores perfumes da estação e até como armazenar corretamente os perfumes para uma vida útil que você nunca imaginou.

11 dez
dicas de esmalte az perfumes

Guardar corretamente o esmalte pode prolongar a vida útil de sua coleção. Antes de tudo, é preciso pensar em conservá-los bom: é super importante manter os vidrinhos sempre bem fechados, em um lugar fresco e longe do calor.

Para conservar a cor e evitar que o esmalte fique bifásico (quando começam a aparecer camadas de cores no vidrinho), o ideal é deixar os esmaltes em pé!

Mesmo em pé, pode ser que depois de muito tempo na mesma posição a cor comece a ficar meio esquisita, com bolinhas brancas. Aí vale dar aquela chacoalhada no vidrinho para deixar a cor uniforme antes de usar.

 

dica de esmalte az perfumes

O prazo de validade padrão dos esmaltes é de três anos. Mas, às vezes até muito antes disso pode acontecer do esmalte ficar grosso, difícil de passar. A dica nesses casos é pingar 3 gotinhas de óleo de banana ou outros diluentes. Em ÚLTIMO caso, vale também pingar 1 gotinha de acetona no esmalte para deixá-lo mais fino.

Tente adotar um padrão de organização nos esmaltes: pense em separá-los por cor, marca ou frequência de uso, por exemplo. Assim, fica muito mais fácil de achar este ou aquele vidrinho no meio da “multidão”!

Fonte: Clube do Esmalte.

05 dez

Usar tratamentos estéticos caseiros é super vantajoso pra quem não tem muito tempo disponível durante a semana para cuidar da pele. Mesmo com tantas vantagens é importante estar informada sobre alguns cuidados essenciais.

No caso da utilização de frutas, legumes e outros alimentos, é bom lembrar que muitos deles possuem substâncias que podem provocar manchas na pele, irritações, alergias e até queimaduras graves. Fique atento e use apenas alimentos indicados por esteticistas ou dermatologistas, não substitua ingredientes por conta própria e jamais se exponha ao sol com a receita sobre a pele.

Use ingredientes frescos, limpos e na quantidade indicada. Nada de elaborar uma nova receita.

Antes de aplicar qualquer máscara, limpe a pele com loção de limpeza ou sabonete líquido neutro. Se preferir, faça também um peeling com esfoliante.

Remova a mistura somente com água fria em abundância, sem sabonetes ou outras substâncias.

Não reaproveite as sobras, pois as misturas estragam facilmente e podem ser contaminadas por micoorganismos até mesmo na geladeira.

Aplique, no máximo, uma máscara caseira por semana.

Nas próximas postagens, a gente separou algumas receitinhas de máscaras caseiras pra você cuidar da sua beleza! Fique de olho!

23 nov

Cabelos cacheados e bonitos podem levar um tempo e muitos cuidados especiais. Não dá pra pular etapas quando o assunto é ‘deixá-los no lugar’. Qual o truque então: Usar difusor ou babyliss?

Cachos fininhos pedem aderir ao difusor, aquele bico extra que vem no secador. Com a cabeça para frente, encaixe o bico no secador e coloque o aparelho perto da raiz do cabelo. O ideal é não movimentar o aparelho e esperar até que as mechas estejam secas. Pra finalizar aplique um pouco de silicone para valorizar o formato e o corpo do cabelo.

Cabelos mais grossos e encorpados vão melhor com o babyliss, que define e enrola os fios controlando o volume. Para deixar o look bem natural, enrole mechas para dentro e para fora, alternadamente.

Truque rápido

Coque express: Está total sem tempo para a produção? Passe um pouco de musse no comprimento dos cabelos ainda úmidos e prenda os fios em um coque alto. Em seguida, seque o coque com secador e só solte quando o cabelo estiver totalmente seco. Assim, os cachos não armam e você terá ondas mais largas e definidas.

Via: Marie Claire.

09 nov

Erro 1: Você não está molhando o cabelo o suficiente.

Para o xampu funcionar melhor, é fundamental molhar bem o cabelo antes de aplicá-lo. O ideal é ficar embaixo da água corrente durante três ou quatro minutos e só então partir para a lavagem.

Erro 2: Esfregar demais o couro cabeludo.

Esfregar o couro cabeludo com as unhas, além de machucar, pode estimular a produção de óleo na raiz. Resultado? Fios ensebados e grudados na cabeça. Para não errar, o ideal é fazer uma massagem rápida com a ponta dos dedos, com movimentos leves e circulares.

Erro 3: Repetir as lavagens sem necessidade.

Anote aí: normalmente, basta uma lavagem para garantir que os fios fiquem limpos e cheirosos. Só recorra para o segundo round se tiver usado finalizadores no dia anterior, como gel, musses e sprays.

Erro 4: Usar muito xampu.

A quantidade exagerada de xampu pode ter o efeito rebote e deixar os fios com aparência pesada e suja. Um bom truque, principalmente para quem tem a raiz oleosa, é diluir um pouco do produto em água e só assim aplicar nos fios, começando pelo comprimento (nunca aplique diretamente no couro cabeludo). Se você não tem química, lance mão de um xampu de limpeza profunda uma vez por semana, que vai deixar os fios soltos e sem resíduos acumulados.

Erro 5: Hidratar o lugar errado.

Quem tem cabelo misto a oleoso deve hidratar somente o comprimento e as pontas do cabelo,  nunca a raiz. Já para recuperar a franja e o topo da cabeça de fios naturalmente ressecados, a dica é comprar um condicionador em musse. Mais leve, hidrata sem pesar e não deixa resíduos. Em ambos os casos, aplique mecha a mecha e faça uma massagem rápida para o produto penetrar melhor. Finalize com um jato de água fria, que confere brilho extra ao cabelo.

Via: Marie Claire

AS ÚLTIMAS DO INSTA
MAIS LIDOS