14 fev
Erros comuns de maquiagem

É impossível finalizar a produção da maquiagem sem uma boa máscara para cílios, certo? Pra quem entende ou não de maquiagem essa informação é muito importante. Pra aproveitar melhor essa ferramenta de beleza, algumas dicas práticas ajudam na hora de aproveitar corretamente todos os benefícios da máscara para cílios. Então, vamos lá!

1. Não exagere nas camadas – Bastam duas ou três aplicações para exibir fios bonitos e bem curvados. O excesso faz com que o produto seque e fique muito espesso, o que compromete sua fixação. Além disso, podem acumular alguns pontinhos nas pálpebras inferiores.

2. Bombear o aplicador dentro do tubo – Nunca faça movimentos de vaivém, retirando e colocando o aplicador dentro do tubo. Isso gera bolhas de ar dentro da embalagem, que ressecam o rímel. O segredo é mergulhar o aplicador uma única vez e limpar o excesso suavemente em uma folha de papel toalha.

3. Usar produtos vencidos – Produto vencido pode conter germes que causam coceira, vermelhidão e até conjuntivite. Fique de olho no rótulo e na validade do cosmético.

Erros comuns na aplicação da máscara para cílios

4. Não passar da raiz às pontas – Comece posicionando o aplicador rente à raiz e deixe-a bem marcada – assim, seus cílios vão parecer maiores do que realmente são. Comece pelo canto interior e vá passando o produto em direção ao canto externo do olho.

5. Exagerar nos cílios inferiores – Para evitar um look muito pesado, prefira máscaras à prova d’água nos cílios inferiores e “encoste” suavemente o aplicador na raiz, apenas para “sujar” os fios. Tudo isso evita borrões e prolonga a fixação do produto.

Fonte: Revista Marie Claire.

06 fev
Evite o erro das famosas na maquiagem

Você conhece, usa e sabe tudo sobre o pó translúcido? Algumas famosas sabem, mas as vezes pecam pelo excesso. É sempre bom saber pra que serve os tantos produtos que a gente usa pra ficar ainda mais bonita, certo? Então vamos aprender a usar essa maravilha da maquiagem!

O pó translúcido é responsável pelo arremate final na make, responsável por tirar o excesso de brilho e fixar a produção. Geralmente um pó solto, ele forma uma espécie de véu transparente e bem fininho sobre o rosto. Sim, ele não tem pigmento de cor e por isso some na pele, não marcam vincos, escondem imperfeições com leveza e têm longa duração, adaptando-se a quase qualquer tom de pele. As mais morenas ou negras, por exemplo, podem evitar e usar pós coloridos mesmo. Os translúcidos podem deixá-las com uma coloração acinzentada.

Para aplicar, é só usar o pincel tipo vassourinha. Além de dosar a quantidade certa do produto, ainda ajuda a varrer o excesso na aplicação.

Evite o erro das famosas na maquiagem

Não há regras de onde é melhor passar, mas se aplicar depois da base e corretivo, ajudam a selar o make. No fim de toda a maquiagem, aplique um pouco mais, apenas para corrigir o brilho da pele oleosa. Importante: mantenha o pincel longe da área ao redor dos olhos e da boca – o pó pode se acumular nas pequenas linhas de expressão e causar um efeito pra lá de feio, tipo a atriz Nicole Kidman e Débora Nascimento. “O pó translúcido contém partículas que refletem a luz. Depois do make pronto, o produto fica invisível sob a luz natural. Mas bastou a luz intensa de um flash disparar bem no rosto da atriz para que ficasse evidente”, explica Giuliano Rezende. Para evitar sair nas fotos com o rosto todo branco, a única saída é esfumar, esfumar, esfumar.

Evite o erro das famosas na maquiagem

Dica: Se for usar uma sombra escura, aplique três camadas de pó translúcido na parte inferior das pálpebras, assim, se resíduos da sombra caírem no seu rosto podem ser facilmente retirados com um pincel e não estragar todo o processo. Tire todo o excesso!

Fonte: Uol Mulher.

09 nov

Erro 1: Você não está molhando o cabelo o suficiente.

Para o xampu funcionar melhor, é fundamental molhar bem o cabelo antes de aplicá-lo. O ideal é ficar embaixo da água corrente durante três ou quatro minutos e só então partir para a lavagem.

Erro 2: Esfregar demais o couro cabeludo.

Esfregar o couro cabeludo com as unhas, além de machucar, pode estimular a produção de óleo na raiz. Resultado? Fios ensebados e grudados na cabeça. Para não errar, o ideal é fazer uma massagem rápida com a ponta dos dedos, com movimentos leves e circulares.

Erro 3: Repetir as lavagens sem necessidade.

Anote aí: normalmente, basta uma lavagem para garantir que os fios fiquem limpos e cheirosos. Só recorra para o segundo round se tiver usado finalizadores no dia anterior, como gel, musses e sprays.

Erro 4: Usar muito xampu.

A quantidade exagerada de xampu pode ter o efeito rebote e deixar os fios com aparência pesada e suja. Um bom truque, principalmente para quem tem a raiz oleosa, é diluir um pouco do produto em água e só assim aplicar nos fios, começando pelo comprimento (nunca aplique diretamente no couro cabeludo). Se você não tem química, lance mão de um xampu de limpeza profunda uma vez por semana, que vai deixar os fios soltos e sem resíduos acumulados.

Erro 5: Hidratar o lugar errado.

Quem tem cabelo misto a oleoso deve hidratar somente o comprimento e as pontas do cabelo,  nunca a raiz. Já para recuperar a franja e o topo da cabeça de fios naturalmente ressecados, a dica é comprar um condicionador em musse. Mais leve, hidrata sem pesar e não deixa resíduos. Em ambos os casos, aplique mecha a mecha e faça uma massagem rápida para o produto penetrar melhor. Finalize com um jato de água fria, que confere brilho extra ao cabelo.

Via: Marie Claire

AS ÚLTIMAS DO INSTA
MAIS LIDOS